O Otimista – ootimista.com.br

    12
    0
    superior pop

    Montante será destinado a 2,91 milhões de trabalhadores do mercado formal com carteira assinada, além de aposentados e pensionistas do Estado e municípios, e representa 2,9% do PIB cearense, segundo levantamento do Dieese. Valor médio do benefício será de R$ 1.963,90
    Crisley Cavalcante
    economia@ootimista.com.br
    O pagamento do 13º salário deve ajudar a aquecer a economia cearense nesta reta final de 2022, com a injeção de R$ 6,1 bilhões. O valor será destinado a 2.916.208 trabalhadores do mercado formal com carteira assinada, além de aposentados e pensionistas do Estado e municípios, e representa 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB) cearense, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).
    No Ceará, o valor médio do benefício será de R$ 1.963,90. Do total de trabalhadores contemplados, 1.599.071 são do mercado formal e devem receber R$ 4,094 bilhões; 1.572.071 são assalariados do setor público e privado (R$ 4,059 bilhões); e 27 mil empregados domésticos com carteira assinada (R$ 34 milhões).
    Do grupo dos aposentados e pensionistas, são 1.317.137 beneficiários que, juntos, devem receber R$ 2,094 bilhões. Há ainda os beneficiários do regime geral do INSS (R$ 1,632 bilhão); regime próprio do Estado (R$ 323,385 milhões); e regime próprio dos municípios (R$ 138,097 milhões).
    “É um benefício que sempre chega em boa hora. Para mim é um alívio e serve para pagar algumas contas e ajudar a passar as festas de fim de ano mais tranquilo. Acredito que muitas pessoas também estão esperando essa injeção financeira que, se bem aplicada, vai ajudar a equilibrar o orçamento no final do ano e as contas, já que geralmente é uma época que temos a tendência de gastar mais”, diz o servidor público cearense Gil Carneiro, 28 anos.
    Na avaliação da presidente do Conselho Regional de Economia do Ceará (Corecon-CE), Silvana Parente, o pagamento do 13º salário sempre ajuda a movimentar a economia do Brasil, principalmente por meio do consumo. Por outro lado, ela observa que, diante do alto nível de endividamento das famílias no País, o dinheiro precisa ser usado com cautela. “Hoje, 80% das famílias têm dívidas e 30% estão inadimplentes. É importante que as pessoas usem bem esse recurso, principalmente, para quitar dívidas”, afirma, destacando as incertezas econômicas no cenário nacional.
    Brasil
    No Brasil, o 13º salário tem o potencial de movimentar cerca de R$ 249,8 bilhões na economia, valor que representa quase 2,6% do PIB, de acordo com o Dieese. Aproximadamente 85,5 milhões de brasileiros serão beneficiados com o recurso de, em média, de R$ 2.672.
    Do total pago no País, R$ 167,6 bilhões serão destinados aos empregados formais, incluindo os trabalhadores domésticos. Já 33,1%, quase R$ 83 bilhões, serão pagos aos aposentados e pensionistas. Considerando apenas os beneficiários do INSS, 32 milhões de brasileiros receberão R$ 50,8 bilhões. Para aposentados e pensionistas da União, serão pagos R$ 10,6 bilhões; aos aposentados e pensionistas dos estados, R$ 16,2 bilhões; e aos aposentados e pensionistas dos regimes próprios dos municípios, R$ 5,2 bilhões.
    O Dieese reuniu dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ambos do Ministério do Trabalho e Previdência. Também foram consideradas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Previdência Social e da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).
    No País, as empresas têm duas opções para quitar o 13º salário. O mais comum é fazer o pagamento em duas parcelas, sendo a primeira entre 1º de fevereiro e o último dia útil de novembro, e a segunda até o dia 20 de dezembro. Porém, o benefício também pode ser pago em parcela única, até 30 de novembro.
    Helaine Oliveira helaineoliveira@ootimista.com.br Depois do sucesso da parceria da Mauricio de Sousa Produções (MSP) com o Sebrae, o “Donas da Rua…
                    Depois do segundo turno das eleições, a Caixa Econômica Federal passou a limitar a oferta de suas linhas de crédito…
    Compromisso com informação de qualidade.
    © Todos os direitos reservados a Tapis Rouge Comunicação.

    source

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here